Inteligência Artificial no Brasil: qual a importância a ser dada ao tema e como posicionar o Estado?

Há um senso comum de que a Inteligência Artificial trará consigo nos próximos anos várias consequências relevantes para a economia, a sociedade e o Estado. No entanto, será apenas mais uma etapa de uma transformação tecnológica permanente como as que nos trouxe os computadores e a Internet ou algo mais transformador como o foi a Revolução Industrial? Trata-se de um movimento que precisa ser combatido ou regulado, considerando os riscos inerentes à atividade ou, pelo contrário, acelerado, considerando os resultados benéficos esperados? O Brasil pode se contentar em ser um consumidor dessa tecnologia ou precisa tornar-se um protagonista de seu desenvolvimento, para poder colher os frutos esperados? O que já estamos fazendo hoje em termos de fomento e desenvolvimento nacional em IA é suficiente para termos um papel relevante na intensa competição internacional nessa área ou precisamos aumentar a prioridade de desenvolvimento em IA, redobrando esforços e alocando mais recursos? Essas e várias outras questões precisam ser discutidas criticamente e aprofundadas entre o público e especialistas de tecnologia e de políticas públicas, para firmarmos um entendimento comum e identificarmos oportunidades de colaboração na construção de uma estratégia nacional para Inteligência Artificial. Seriam convidados representantes do Senado, Ministérios de Ciência e Tecnologia, Defesa, Economia, Desenvolvimento Regional, entre outros, e participantes da sociedade civil: universidades, empresas privadas, start-ups e ONGs. O diferencial desse evento seria suscitar uma discussão construtiva com o público procurando identificar o que precisa ser feito e como priorizá-lo.

Participantes

Erick Muzart Fonseca dos Santos – TCU

Wesley Vaz – Secretaria de Gestão de Informações para o Controle Externo –  TCU

Ricardo Fernandes – LegalLabs/Neoway

Jacson Goncalves de Medeiros – Senado Federal

Karla Abrahão Cavalcanti – Min. Ciência e Tecnologia

Horário:

16h15 às 18h

Local:

Sala 9

Organização:

UFRJ